Omissão de líderes Cristãos do Brasil - DF Urgente

Publicidade

Últimas notícias

Home Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Omissão de líderes Cristãos do Brasil

Foto: reprodução do vídeo liberado pelo EL.
Líderes cristãos e fieis do Brasil não se pronunciam diante do assassinatos de evangélicos e católicos pelo Estado Islâmico no Oriente Médio e norte da África. Vídeo divulgado no domingo (15) mostra o EI decapitando 21 cristãos na Líbia. O Brasil tem 162 milhões de cristãos declarados e a notícia ganhou pouca notoriedade na população. Apesar de ser destaque na imprensa brasileira, o caso não provocou a reação da população e das autoridades. Nos programas de TV de líderes religiosos e nas igrejas o caso foi ofuscado. O governo brasileiro se limitou a enviar nota de repúdio por meio do Itamaraty. O único parlamentar a se pronunciar foi o deputado Roberto de Lucena. "Eu também faço parte desse povo, 'o povo da cruz'. E sou irmão dessas pessoas que estão sendo barbaramente eliminadas por causa da sua fé em pleno século XXI. A liberdade religiosa é um direito humano fundamental e todos nós cristãos, judeus, muçulmanos e fiéis de outra fé, precisamos nos unir contra o ódio pregado em nome de Deus", afirma. O deputado protocolou na Câmara o Projeto de Lei 7787 que prevê que o Brasil corte relações diplomáticas e comerciais com países que não combatem a intolerância religiosa e os terroristas. As igrejas do Brasil estão entre as mais ricas e bem equipadas do mundo, mas pouco se mobilizam. O Papa Francisco condenou os ataques e pediu atitudes da ONU. "Eles foram mortos simplesmente porque eram cristãos. Não faz diferença se eram católicos, ortodoxos, coptas ou protestantes. Eles eram cristãos"", disse o pontífice, no Vaticano. Os Estados Unidos lidera uma ofensiva com 60 países para combater o Estado Islâmico, na qual o Brasil não faz parte. O EI afirmou que vai "derrotar o exército da cruz", uma referência a todos os cristãos do mundo.

Por:Renato Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here