Mercado anuncia, e mais de 5 mil fazem fila para entregar currículo no DF; vídeo - DF Urgente

Publicidade

Últimas notícias

Home Top Ad

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Mercado anuncia, e mais de 5 mil fazem fila para entregar currículo no DF; vídeo

Pessoas em uma agência do trabalhador no DF
 (Foto: Reprodução/TV Globo)
Mais de 5 mil pessoas formaram uma fila quilométrica, na manhã desta terça-feira (29), em frente a um supermercado novo em Samambaia, no Distrito Federal. O local ainda não abriu as portas, mas uma faixa foi colocada no local para anunciar a abertura de 150 vagas de emprego.
Entre 8h e 12h, os donos receberam 7 mil currículos – além dos 5 mil presenciais, cerca de 2 mil chegaram por e-mail. Entre os candidatos, havia pessoas com curso superior e especialização na disputa por vagas que, normalmente, não exigem esse nível de escolaridade.
Segundo o proprietário, Andre Luiz Barbosa, a inauguração do espaço deve acontecer em outubro. Ele afirmou à TV Globo que não esperava esse número de interessados e que só anunciou com a faixa no lote.
"As pessoas só queriam um trabalho, não perguntavam nem o salário. Tinha gente com curso superior querendo ser estoquista, caixa, balconista."
A lista de funções foi colocada na fachada do galpão, sem distinção de idade, gênero ou nível de ensino. Há vagas para açougueiro, operador de caixa, repositor, padeiro, confeiteiro, auxiliares, atendente, balconistas e prevenção de perdas.
Segundo Barbosa, mesmo sem investir na divulgação, ele já esperava que as oportunidades fossem ser divulgadas em redes sociais. "Nessa crise, já era esperado. Pena que não consigo empregar todo mundo, não vamos nem conseguir analisar tudo".Desemprego
Dados divulgados pelo próprio governo do DF indicam que mais de 320 mil pessoas estão sem emprego na capital. Segundo a Companhia de Planejamento (Codeplan), o índice é ainda maior nas regiões com menor nível de escolaridade.
Em Samambaia, por exemplo – onde as pessoas formaram a fila quilométrica na porta do mercado –, a taxa de desemprego é de 24,6%. Em Águas Claras, área considerada nobre, o índice é menor, de 16,5%.
A taxa de desemprego geral no DF aumentou no primeiro semestre de 2017, em relação ao mesmo período do ano passado. Nessa comparação, o índice passou de 18% para 19,9%. Os dados de julho devem ser divulgados nesta quarta (30).
Por G1 DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here